Um alguém chamado Mãe | Jornal VOZ de IBIÚNA

Um alguém chamado Mãe

Professora Luiza

De muitas formas podemos definir a graça e a grandeza “de ser mãe”. Mãe é aquela que guarda o tesouro da vida em seu ventre e nele é capaz de protege-lo do mundo.

Nos braços de uma mãe somos acalentados com amor e dedicação e seus beijos quentes são capazes de aquecer nossos corações. Dona de um amor incondicional só podemos acreditar que ela é fruto dos sonhos de Deus e por isso é capaz de nos amparar em todos os momentos de nossas vidas. Presenteada com diversos dons é aquela que tem a capacidade de ouvir as dores do silêncio, adivinhar sentimentos, encontrar a palavra certa nos momentos incertos e mais difíceis e ainda nos fortalecer mesmo quando tudo ao nosso redor parece estar desmoronando e a vida nos dá motivos para chorar. Mãe é aquele ser especial a quem o cansaço não consone, a mágoa não destrói e a esperança não finda. Um anjo de luz enviado para a Terra com a difícil missão de ser forte e dócil, firme e sensível. Um coração que acolhe a muitos e um olhar capaz de ver além. Uma heroína sem capa, rainha sem coroa. Um pedaço do coração de Deus deixado no mundo para nos ensinar que a vida pode ser melhor. Mãe de consideração, de criação, de gestação, mãe de amor. Quando vivas, muitas vezes não lhes damos o devido valor, mas depois que partem, tudo o que temos e tudo o que somos daríamos para sentir de novo seu cheiro, seu afago e seu carinho. Mãe, todos os dias é dia de dizer EU TE AMO.

 

 

Comments

comments

Postado em 5, maio, 2017