Três tristes madrugadas e, duas, alegres | Jornal VOZ de IBIÚNA

Três tristes madrugadas e, duas, alegres

Há a Triste Madrugada assim cantada pelo inesquecível Jair Rodrigues:

“Triste madrugada foi aquela

Que eu perdi meu violão

Não fiz serenata pra ela

E nem cantei uma linda canção.”

Mais triste, no entanto, foi a madrugada de 29 de novembro, em que caiu, na Colômbia, o avião com a delegação da Chapecoense. Morreram, no trágico acidente, 71 pessoas, sendo 19 jogadores, 20 jornalistas, 24 da delegação, 7 da tripulação e 1 técnico. Seis pessoas sobreviveram. Esta tragédia, que tanto nos comoveu, fez brotar uma onda de solidariedade mundo afora. O adversário da Chapecoense, o Atlético Nacional da Colômbia, por exemplo, pediu que o título fosse concedido ao time brasileiro. Este é apenas um dos inúmeros exemplos de solidariedade. É muito triste a perda desse belo time de pessoas!Enquanto milhões choravam essa perda, nossos deputados, mais propensos à falsidade do que a solidariedade, falsearam e aprovaram, na madrugada no dia 30 de novembro, um pacote de medidas que deveria ser contra a corrupção, tornando-o de defesa da corrupção e dos corruptos. Essa atitude dos deputados representou uma traição ao povo brasileiro. E, não é de estranhar tal atitude, pois, dos 450 deputados que votaram a favor do pacote, 274, ou 60%, têm ocorrências judiciais. São nada mais nada menos que 1.396 ocorrências às quais eles respondem. Há, entre eles, um condenado por homicídio culposo, um por manter trabalhadores em condições análogas à escravidão e pelo menos 53 que respondem ações por improbidade administrativa. (Dados apresentados pela Folha de S.Paulo de 1º de Dezembro de 2016.) Durma-se com esse time de deputados!Mas, felizmente, há também alegres madrugadas que alimentam nossa esperança. Uma delas é a Madrugada Camponesa, cantada pelo poeta Thiago de Mello:“Madrugada camponesa.Faz escuro (já nem tanto)Vale a pena trabalhar.Faz escuro mas eu cantoporque a manhã vai chegar”E quem chegou, na madrugada camponesa mais alegre de que se tem notícia, foi um pobre menino de nome Jesus. Sua chegada foi comunicada por um anjo aos pastores que, na madrugada, vigiavam seu rebanho. Por estarem assustados com uma luz que, de repente, refulgiu ao redor deles, disse-lhes o anjo: “Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo: hoje vos nasceu na cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: Achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura.” E, subitamente, ao anjo se juntou uma multidão de anjos que louvavam a Deus e diziam: “Glória a Deus no mais alto dos céus e, na terra, paz àqueles que Deus quer bem”.Que Deus lhe queira bem e, na esperança de que as alegres madrugadas superem as tristes, desejo-lhe um Feliz Natal.

Comments

comments

Postado em 16, dezembro, 2016