Três agências bancárias de Ibiúna são invadidas por bandidos | Jornal VOZ de IBIÚNA

Três agências bancárias de Ibiúna são invadidas por bandidos

Na madrugada de hoje (9), por volta das 3h20, cerca de vinte homens encapuzados  fortemente armados, invadiram 3 agências bancarias localizadas no centro de Ibiúna. Eles utilizaram dinamites, explodiram diversos caixas eletrônicos e fugiram com o dinheiro. Na Caixa Económica Federal foram afetadas 5 caixas  e as portas de vidros totalmente danificadas. No Banco do Brasil o artefato falhou e não houve explosão de nenhum caixa; apenas a porta ficou estraçalhada. No HSBC explodiram 03 caixas.

As 03 agências são localizadas uma perto da outra. A área  ficou  totalmente isolada na manhã de hoje (09), quando homens do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) retiraram a dinamite e fizeram a implosão do artefato num jardim em frente à agência do Banco do Brasil.

Segundo moradores  que pediram para não serem identificados a ação dos bandidos aconteceu por volta das 3h20 da madrugada e durou cerca de quinze minutos. “Tudo foi muito rápido, cronometrado e sincronizado. A explosão foi muito forte, não dá para explicar, estremeceu tudo”.

Uma moradora disse que a ação foi muito rápida e parecia uma cena de filme; “Todos estavam encapuzados e utilizando armas longas (fuzis). Eles chegaram gritando, fecharam a rua e se dividiram em grupos. Enquanto uns entravam nos bancos, outros ficaram do lado de fora dando cobertura. Foram quatro explosões uma em seguida da outra. Logo depois, entraram nos veículos e fugiram. Não teve nenhum disparo de arma de fogo. Alguns minutos depois, a polícia chegou no local. Fiquei bastante assustada e não consegui dormir”.

Não houve confronto com a polícia, já que as viaturas da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar estavam atendendo uma ocorrência de homicídio no Verava e outra de disparos de arma de fogo no Piratuba, ambos bairros distantes do centro. “Quando acionados pelo monitoramento do banco, enviamos todas as unidades para o local, mas os criminosos já haviam fugido. Isolamos a área e avisamos policiais de toda região, bem como a Polícia Federal e outros órgãos competentes, que agora estão investigando o caso”, declarou a PM em nota.

Policiais isolaram a área até a retirada do artefato pelos policiais do GATE. A Polícia Federal também foi acionada e fez as primeiras investigações do caso. Policiais de toda região estão mobilizados na captura de suspeitos, mas até o momento, ninguém foi preso.

A polícia pediu as imagens de câmeras de monitoramento instaladas em frente às agências para ajudar na investigação do caso.

Colaboraram Júlia Tanaka e Tiago Albetin

 

Comments

comments

Postado em 9, abril, 2014