Ibiúna promoveu o 2º Seminário Regional de Meio Ambiente com temas da APA de Itupararanga | Jornal VOZ de IBIÚNA

Ibiúna promoveu o 2º Seminário Regional de Meio Ambiente com temas da APA de Itupararanga

A Prefeitura de Ibiúna promoveu o Seminário Regional de Meio Ambiente, no último dia 1º de dezembro, no Centro Cultural e Esportivo de Ibiúna (CCEI). O objetivo do evento foi destacar a preservação dos recursos hídricos, além da importância e necessidade dos Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) na região da Bacia dos Rios Sorocaba e Médio Tietê. O evento contou com a presença do prefeito João Mello (PSD), dos deputados Vitor Lippi (federal-PSDB) e Maria Lucia Amary (estadual-PSDB), do presidente da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente e secretário de Meio Ambiente de Campinas, Rogério Menezes, coordenador de Saneamento da Secretaria Estadual de Recursos Hídricos Américo Sampaio, do Comitê de Bacias, Sétimo Marangoni, o Gerente da Fundação Florestal, Diego Hernandes Rodrigues, a presidente do Instituto de Projetos e Pesquisas Socioambientais (IPESA), Paola Samora, do Programa Fazenda Legal, Sérgio Saliba, secretários municipais, vereadores e representantes da região.
O prefeito João Mello enalteceu e agradeceu os deputados Vitor Lippi e Maria Lucia Amary, que “lutam pela questão da água e meio ambiente”, todos os participantes, principalmente, os envolvidos na causa da educação ambiental, saneamento básico, pagamentos por serviços ambientais e a produção sustentável. “Foi uma satisfação sediar este evento, peço que meus colegas da classe política abracem à causa e com diretrizes e planejamento faremos um grande trabalho para o meio ambiente”, destacou o João. “Ressaltamos a importância de dar o devido encaminhamento para o reconhecimento do PSA como instrumento de gestão ambiental na Bacia. O pagamento ou a compensação por serviços ambientais consiste na transferência de recursos (monetários ou outros) a quem ajuda a manter ou a produzir os serviços ambientais”, destacou o secretário municipal do Meio Ambiente, Jean Marcicano.
No seminário, aconteceu a entrega da Carta por Itupararanga, feita pela aluna da Escola Dom Bosco, Júlia, as autoridades presentes, enfatizando as contribuições da sociedade para preservação de Itupararanga. Para ler o poema, “As Borboletas” de Vinícius de Moraes, a aluna Anna Beatriz, de 3 anos, da “E.M. Juliana Coelho da Silva Hamada”, protagonizou um momento de reflexão. Também foram entregues os certificados do curso de 1ª Capacitação em Legislação Ambiental na APA Itupararanga aos participantes, pelo capitão da Polícia Militar Ambiental, Guilherme Bopré. Na ocasião, o professor e Dr. André Cordeiro, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), apresentou como está à qualidade da água na Represa de Itupararanga, além de levar conhecimento à população, destacando a importância do reservatório para a região.
Américo Sampaio, da Secretaria de Recursos Hídricos, abordou a questão da reestruturação do projeto “Água é Vida”, sistemas isolados de saneamento. Para finalizar, Dr. Emerson Arruda, também da UFSCAR, apresentou os parâmetros e estudos do PSA, bem como o encaminhamento da proposta de pagamentos por serviços ambientais para as autoridades, para que reconheça o PSA como instrumento de gestão na bacia.

Comments

comments

Postado em 14, dezembro, 2017