Evento marca o início de projeto de educação ambiental nas escolas de Ibiúna | Jornal VOZ de IBIÚNA

Evento marca o início de projeto de educação ambiental nas escolas de Ibiúna

Viviane Oliveira

O ano de 2017 será marcado por mais um importante projeto de educação ambiental da SOS Itupararanga. Aprovado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba e Médio – Tietê (CBH-SMT) e com financiamento do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), a ONG produziu mais de 11 mil kits contendo jogos e cartilhas, além de encartes sobre a Área de Proteção Ambiental (APA) de Itupararanga, novas ferramentas de educação ambiental que valorizam os atributos naturais de Ibiúna, em especial, a Represa de Itupararanga. O objetivo do projeto é fortalecer o trabalho já realizado pelos educadores nas escolas do município. Para isso, a ONG constituiu uma equipe multidisciplinar, formada por profissionais de áreas como a Biologia, Pedagogia, Turismo e Educação Ambiental, além de estagiários do curso de gestão ambiental do Instituto Federal de São Paulo – Campus São Roque e do curso de pedagogia da Faculdade Estácio – Ibiúna. Profissionais da Diretoria de Ensino de São Roque também ofereceram orientações importantes, pensando em como os materiais produzidos seriam aproveitados em sala, facilitando a aplicação pelo professor e o aprendizado pelos alunos.O projeto foi apresentado durante o evento realizado na sede da SOS Itupararanga no último dia 21 de setembro, com a presença do prefeito João Mello (PSD), secretários municipais, educadores, representantes dos conselhos municipais de Ibiúna, autoridades da região, integrantes da diretoria da entidade e parceiros. A ONG apresentou as etapas já desenvolvidas, como a produção dos materiais, a distribuição e a realização das palestras em todas as escolas da cidade. A Guarda Municipal de Ibiúna também teve um papel importante no projeto, uma vez que disponibilizou suas viaturas para auxiliar e agilizar as entregas dos materiais nas escolas, possibilitando que a ONG atendesse as 65 escolas de Ibiúna, percorrendo quase 2.000 km em 50 dias.Depoimentos como o do Secretário Municipal de Educação, Paulo Dias, e do Professor Paulo Bonando, da Diretoria de Ensino de São Roque, comprovam que a ONG produziu uma ferramenta que contribuirá para levar informações sobre a APA e para valorizar todas as riquezas naturais e turísticas do nosso município. A SOS Itupararanga agradece a todos os parceiros que possibilitaram a realização de mais um projeto em defesa do maior patrimônio da nossa região: a Represa Itupararanga.

Comments

comments

Postado em 5, outubro, 2017